Bovespa fecha em alta de 2,38% após elevação dos juros, com bancos em destaque

O principal índice da Bovespa recuperou o patamar de 52 mil pontos nesta quinta-feira, puxado pela forte alta do setor financeiro, após o Banco Central surpreender o mercado com a elevação dos juros, decisão entendida entre agentes financeiros como um primeiro sinal de disposição de mudanças na política econômica.

REUTERS

30 de outubro de 2014 | 17h12

Balanços do terceiro trimestre de gigantes como Bradesco e Vale também repercutiram, assim como especulações sobre reajuste de combustíveis pela Petrobras e a oferta de permuta de units do Santander Brasil por recibos de ações do controlador, que ajudou a inflar o volume financeiro da sessão.

De acordo com dados preliminares, o Ibovespa encerrou em alta de 2,38 por cento, a 52.263 pontos. O giro financeiro do pregão totalizou 12 bilhões de reais.

(Por Paula Arend Laier)

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAFECHAPRELIM*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.