seu bolso

E-Investidor: O passo a passo para montar uma reserva de emergência

Bovespa fecha em alta de 3% com otimismo generalizado

Bolsa de SP passa perto de novo recorde; Dólar cai 1,15% e fecha a R$ 1,804, menor valor desde 2000

Reuters,

05 de outubro de 2007 | 17h34

A Bolsa de Valores de São Paulo subiu 3% nesta sexta-feira, com o mercado reagindo com otimismo a dados norte-americanos que mostraram que a economia dos Estados Unidos está melhor do que o esperado, mas não bem o suficiente para frustrar expectativas de novo corte de juro pelo Federal Reserve. Enquanto isso, o dólar caiu ao menos nível desde 2000.  O principal índice da Bolsa encerrou com ganho de 3,17%, aos 62.318 pontos, bem perto do recorde registrado em 1º de outubro. O volume financeiro ficou em quase R$ 7 bilhões, inflado em R$ 1,3 bilhão pela oferta pública de aquisição de ações da Copesul pela Braskem.   No acumulado da semana, o principal indicador da bolsa paulista ficou praticamente estável, voltando para perto da máxima histórica de 62.340 do fechamento de segunda-feira.  Dólar  O relatório positivo sobre a economia dos Estados Unidos renovou a confiança de investidores e também colocou o dólar no menor patamar em mais de sete anos. A moeda norte-americana caiu 1,15% e fechou a sexta-feira a R$ 1,804. É o menor valor desde 15 de agosto de 2000. "(Houve um) forte movimento hoje de fluxo, com o mercado comemorando um dado muito positivo" nos Estados Unidos, disse Rodrigo Nassar, gerente da mesa financeira da Hencorp Commcor Corretora, em referência à criação de postos de trabalho.

Tudo o que sabemos sobre:
Bovespadólar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.