Bovespa fecha em alta seguindo mercados em Nova York

A bolsa brasileira teve alta nesta terça-feira, seguindo o movimento dos mercados dos Estados Unidos, após declarações do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Ben Bernanke.

ROBERTA VILAS BOAS, Reuters

20 de julho de 2012 | 13h27

O Ibovespa subiu 0,95 por cento, a 53.909 pontos, após oscilar entre uma queda de 0,53 por cento, na mínima do dia, e uma alta de 1,19 por cento, na máxima. O giro financeiro do pregão foi de 4,94 bilhões de reais.

Em Nova York, o Dow Jones ganhou 0,62 por cento, enquanto o S&P 500 subiu 0,74 por cento.

"O mercado (brasileiro) seguiu bem o movimento lá de fora. No primeiro momento, abriu em alta com o resultado do leilão da Espanha, que captou um pouco mais do que o pretendido e o custo caiu consideravelmente. Então, o mercado abriu com alta, mas já esperando o Bernanke", afirmou o estrategista-chefe do Banco WestLB, Luciano Rostagno.

Segundo ele, as declarações iniciais do presidente do Fed não animaram ou trouxeram novidades, mas quando Bernanke passou a ser questionado por senadores, o cenário mudou, com sinais de que os mesmos apoiam novas medidas.

Bernanke, deu poucas indicações novas sobre se a autoridade monetária está avançando na direção de uma nova rodada de estímulo monetário, repetindo a promessa de agir se necessário.

Mas durante declarações ao Comitê Bancário do Senado dos EUA, senadores como o democrata Chuck Schumer, de Nova York, pediu ao Fed para elevar o seu apoio para o crescimento.

Na Espanha, o yield para o título da dívida de 12 meses foi de 3,918 por cento, abaixo da taxa de 5,074 por cento vista no mês passado, que havia sido a maior em 15 anos. O yield para o título de 18 meses foi de 4,242 por cento, comparado aos 5,107 por cento registrados em junho.

Entre as ações do Ibovespa, as construtoras exerceram a principal influência positiva, com a Cyrela registrando a maior alta do índice, de 5,45 por cento, a 13,92 reais. MRV Engenharia ganhou 5,19 por cento, a 10,34 reais, enquanto Gafisa subiu 3,56 por cento, a 2,33 reais, enquanto.

Gol teve ganhos de 5,18 por cento, a 8,73 reais, influenciada pelos resultados operacionais de junho, quando a empresa teve taxa de ocupação no sistema total de 70,5 por cento, aumento de 5 pontos percentuais na comparação com o mesmo mês do ano passado.

As ações da Localiza subiram 3,85 por cento, a 30,22 reais, após a empresa ter apurado alta de 7,5 por cento no Ebitda (sigla em inglês para lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização), ante mesmo período de 2011, para 215,7 milhões de reais .

Por outro lado, os papéis de maior peso no índice tiveram queda, com a preferencial da Vale em baixa de 0,1 por cento, a 38,74 reais, e a da Petrobras registrando recuo de 0,52 por cento, a 19,25 reais.

Tudo o que sabemos sobre:
BOVESPAFECHAFINAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.