Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Bovespa fecha em baixa, mas tem melhor mês desde 2006

Corte da taxa de juros dos Estados Unidos e volta de investidores para a Bolsa impulsionam mercado

Reuters,

28 de setembro de 2007 | 17h34

A Bolsa de Valores de São Paulo fechou em baixa nesta sexta-feira, com investidores realizando lucros depois de cinco dias de ganhos. No mês entretanto, a alta foi a maior desde janeiro de 2006, com o mercado impulsionado pelo corte do juro norte-americano.  A volta dos estrangeiros para a bolsa paulista depois de três meses de saídas também contribuiu para o bom desempenho do mercado.  Segundo dados preliminares, o Ibovespa recuou 0,96% nesta sessão, para 60.465,1, depois de fechar em recorde histórico na véspera.  O volume financeiro ficou R$ 5,3 bilhões, acima da média diária do ano, de R$ 4,3 bilhões. A alta no mês ficou em 10,6%, maior valorização desde os 14,7% de janeiro do ano passado.  Dólar A diminuição da turbulência no exterior também permitiu que o dólar devolvesse a alta do mês passado e encerrasse setembro no menor patamar em sete anos, a R$ 1,834.  Além disso, a perspectiva de um aumento no ingresso de capitais em outubro e, portanto, de novas quedas da moeda norte-americana pode levar o Banco Central de volta aos leilões de compra - mas sem tanta força, já que o dólar barato ajuda a combater a inflação.  A divisa encerrou o dia com baixa de 0,49%. Em setembro, a moeda acumulou desvalorização de 6,52%. Foi a maior queda mensal desde junho de 2006.  O mercado começou o mês atormentado pela turbulência no exterior. Com a crise nas hipotecas de alto risco dos Estados Unidos, muitos investidores precisaram tirar dinheiro do Brasil, o que pressionou a cotação do dólar.  Com o temor de que os problemas atingissem a economia dos Estados Unidos, o Federal Reserve cortou o juro norte-americano em 0,5 ponto percentual na semana passada. A decisão acalmou o mercado e restaurou o ingresso de divisas no mercado brasileiro, segundo operadores.

Tudo o que sabemos sobre:
Bovespadólar

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.