Bovespa fecha em queda de 2% após Fed e pressão negativa de blue chips e balanços

A Bovespa fechou no vermelho nesta quarta-feira, em sessão marcada pelo corte de recomendação das blue chips Petrobras e Vale por bancos estrangeiros e resultados corporativos negativos, como o da Usiminas, enquanto permanece a expectativa sobre a nova equipe econômica do governo.

REUTERS

29 de outubro de 2014 | 17h20

O anúncio do fim do programa de compra de títulos pelo Federal Reserve, o banco central dos Estados Unidos, ao término da sua reunião de dois dias de política monetária, levou o principal índice da bolsa paulista a ampliar a queda, seguindo a o recuo em Wall Street.

De acordo com dados preliminares, o Ibovespa terminou em baixa de 2,27 por cento, a 51.140 pontos, na mínima do dia. O volume financeiro da sessão somou 7,7 bilhões de reais.

(Por Paula Arend Laier)

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAFECHAPRELIM*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.