Bovespa fecha em queda de 2%, puxada por bancos e Petrobras

O mercado acionário brasileiro encerrou a quinta-feira com sua segunda queda consecutiva, com investidores aproveitando para embolsar lucros diante das incertezas sobre um eventual reajuste dos preços dos combustíveis pela Petrobras e sobre a futura equipe econômica da presidente reeleita Dilma Rousseff.

REUTERS

06 de novembro de 2014 | 17h16

Segundo dados preliminares, o Ibovespa fechou em queda de 2,01 por cento, a 52.617 pontos, e acumula recuo na semana de 3,68 por cento. O giro financeiro do pregão foi de 5,9 bilhões de reais.

(Por Priscila Jordão)

Tudo o que sabemos sobre:
BOVESPAFECHAPRELIM*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.