Bovespa fecha em queda; petróleo é cotado a US$ 49,09

A Bolsa de São Paulo fechou em queda nesta segunda-feira, afetada pela alta do risco Brasil e pela percepção de que a Selic vai encerrar o ano além dos 17,5% detectados pela pesquisa Focus. O Ibovespa fechou em baixa de 1,40%, para 23.212 pontos, com volume financeiro de R$ 1,015 bilhão. Em Nova York, o petróleo para dezembro finalizou em queda de 1,05%, cotado a US$ 49,09. Em Londres, o Brent com mesmo vencimento recuou 1,08%, a US$ 45,92. A queda do preço do barril reforça a expectativa em torno do reajuste dos combustíveis no mercado doméstico. Um aumento substancial tiraria do horizonte de 2005 um risco inflacionário maior, uma vez que o petróleo está jogando a favor da economia global. As especulações de aumento dos combustíveis também afetam o dólar e, junto ao provável anúncio nesta quarta-feira de aumento dos juros nos Estados Unidos, impulsionam a alta da moeda norte-americana, que terminou o dia cotada a R$ 2,8340 para compra e a R$ 2,8360 para venda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.