Bovespa: novo mercado em novembro

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) está realizando reuniões técnicas com representantes de todos os segmentos do mercado para finalizar as regras do Neuer Markt brasileiro. Segundo uma fonte da instituição, os quesitos necessários para a listagem das ações de empresas no novo mercado serão divulgados até o final de novembro.O novo mercado, que apenas negociará ações de empresas com boas regras de governança corporativa -aquelas que zelam pela transparência de informações, de balanços e que respeitem os seus acionistas minoritários - foi inspirado no mercado alemão. Dentre os setores que estão negociando com a Bovespa estão bancos responsáveis pela colocação de papéis no mercado, corretoras, empresas e representantes de fundos.A idéia é que sejam negociadas apenas ações ordinárias (ON, com direito a voto) e que poucas ações sejam listadas de início. A expectativa é de que haja, a princípio, cerca de meia dúzia de empresas negociadas. A criação do novo mercado foi uma iniciativa da Bovespa para tentar barrar o encolhimento do mercado de capitais brasileiro. A Bovespa constatou a viabilidade desse mercado no Brasil através de um estudo encomendado às consultorias Tendências e MB Associados.

Agencia Estado,

10 de outubro de 2000 | 15h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.