Bovespa opera com volatilidade enquanto dólar tem novo dia de alta

 Na máxima, moeda norte-americana chegou a ser cotada em R$ 2,40

Vanessa Stecanella e Luciana Xavier, da Agência Estado,

18 de fevereiro de 2014 | 11h47

SÃO PAULO- A Bovespa começou o dia no vermelho, mas sem muita convicção e sua direção. No fim da manhã, a alta era de 0,01%, ou seja, tinha estabilidade.

Apesar de os investidores estrangeiros terem ingressado com R$ 15,069 milhões na Bovespa na sexta-feira, dia 14, no acumulado de fevereiro até esta data, a Bovespa registra saldo negativo de R$ 590,3 milhões em capital externo.

A cifra é resultado de compras de R$ 35,020 bilhões e vendas de R$ 35,611 bilhões no período. No ano, a Bolsa registra déficit de R$ 1,44 bilhão em recursos estrangeiros.

Em Nova York, as bolsas têm leve alta. Às 11h50, o Dow Jones subia 0,06%, o S&P 500 tinha alta de 0,19% e o Nasdaq avançava 0,044.

Já o dólar desacelerou alta e renovou as mínimas após a venda integral no primeiro leilão de leilão de swap cambial do dia (venda de dólar no mercado futuro). No horário, a alta do dólar era de 0,42%, cotado a R$ 2,397. Na máxima, havia atingido R$ 2,40. Em um ano, a moeda já se valoriza 22%.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
dólarBovespa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.