Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Bovespa opera em alta com otimismo no exterior; dólar sobe

Expectativa de balanços bons nos EUA e de indicadores econômicos fortes na China impulsiona a bolsa em SP

Agência Estado,

19 de outubro de 2009 | 12h39

A alta das bolsas no exterior, repercutindo a expectativa de balanços bons nos Estados Unidos (Apple e Texas Instruments) e de indicadores econômicos fortes na China esta semana, pavimenta um pregão positivo para a Bovespa nesta segunda-feira, 19. Às 12h31, a Bolsa de São Paulo registra alta de 0,5%, aos 66.534,45 pontos. No mercado de câmbio local, o dólar, às 12h19, é cotado a R$ 1,714, com valorização de 0,23%.

 

Mas o que pode conferir volatilidade aos negócios nesta segunda-feira é o vencimento de opções sobre ações, embora o clima esteja favorável aos comprados. Para o diretor da Ágora Corretora, Alvaro Bandeira, o volume deste exercício deve superar os R$ 3,3 bilhões do vencimento de setembro. "O mercado teve uma forte apreciação de lá para cá, a liquidez aumentou e esse vencimento é casado com o de índice futuro", afirma. No dia 21 de setembro, quando ocorreu o último vencimento de opções, o Ibovespa estava em 60.928 pontos, o que representa uma alta de 8,65% em relação aos 66.220 pontos registrados no fechamento de sexta-feira.

 

A preocupação dos investidores neste início de semana é com uma possível taxação de exportações de minérios de ferro em 5% e também uma possível taxação do capital externo com IOF, esta última teria o objetivo de conter a entrada de recursos estrangeiros de curto prazo e evitar a depreciação do dólar. Na sexta-feira, o presidente Lula negou que tenha planos de taxar exportações de minérios de ferro. Em relação ao IOF, Lula e Meirelles também negaram a taxação de capital externo, mas não convenceram o mercado.

 

Os investidores também se preparam para o início da maratona de balanços, com a divulgação dos resultados do terceiro trimestre da Usiminas, GVT, Natura e Net Serviços, na quarta-feira. No dia seguinte, quinta, saem os números da Oi e da Redecard e, na sexta, Suzano Papel e Celulose.

Tudo o que sabemos sobre:
mercado financeirobolsaBovespadólar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.