Bovespa promete incentivar abertura de capital em 2004

O presidente da Bolsa de Valores de São Paulo, Raymundo Magliano, afirmou hoje que o incentivo à abertura de capital será a grande bandeira em 2004. Segundo ele, o lançamento de ações da Natura no Novo Mercado, que deve ocorrer em breve, é o símbolo de uma nova fase, marcada pela democratização do capital e responsabilidade social. Novo Mercado é considerado o nível máximo de governança corporativa, pois só admite empresas com capital formado inteiramente por ações ordinárias (com direito a voto). Magliano disse que o projeto Bolsa de Valores Sociais foi elogiado em evento em Nova York pelo secretário da Organização das Nações Unidas, Koff Annan. Segundo ele, a iniciativa da bolsa paulista será um exemplo mundial para o desenvolvimento de política social. As declarações de Magliano foram feitas durante a entrega do Selo Animec, concedido pela Associação Nacional de Investidores do Mercado de Capitais aos agentes que mais se destacaram em 2003. O presidente da Bovespa foi um dos premiados, bem como o Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC), Bradesco, Banco do Brasil, VCP e Vale do Rio Doce. O Cias. Abertas, noticiário da Agência Estado sobre o mercado de ações, também recebeu o Selo Animec, pelo segundo ano consecutivo.

Agencia Estado,

26 Março 2004 | 20h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.