Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Bovespa recua 2,70% após 7 altas

Mercado interno segue piora de bolsas em NY, após ata do Fomc considerar impacto da crise na economia

Claudia Violante, Silvana Rocha e Denise Abarca, O Estadao de S.Paulo

07 de agosto de 2029 | 00h00

As Bolsas em Wall Street ampliaram as perdas ontem à tarde, enquanto os preços dos títulos do Tesouro dos EUA subiram, com queda dos juros, após o anúncio da ata da última reunião do Fed. Embora o encontro tenha ocorrido antes do auge da crise, os diretores do Fed salientaram na ata que ''''uma deterioração adicional nas condições financeiras não pode ser descartada'''', o que ''''pode requerer uma resposta da política monetária'''', caso a economia seja afetada. Os contratos futuros de juros ainda projetam corte de 0,25 ponto na taxa básica, para 5%, na reunião de setembro. A piora lá fora induziu venda de ações na Bovespa que, depois de sete altas e subir 10,54%, caiu 2,70%, aos 51.645 pontos. O dólar superou R$ 2 e fechou a R$ 2,003 na BM&F (+2,72%) e balcão (+2,67%). O juro janeiro de 2010 subiu a 12% e o risco Brasil, 5,50%, a 211 pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.