Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Bovespa registra maior giro do ano

Bolsa movimenta R$ 8,191 bilhões na sessão e fecha mês no maior nível desde 3/9/2008, aos 53.197,73 pontos

Claudia Violante, Silvana Rocha e Denise Abarca, O Estadao de S.Paulo

30 de maio de 2009 | 00h00

A Bovespa ancorou-se na melhora dos índices acionários nos EUA, ontem à tarde, e em entrada de recursos estrangeiros para subir 0,30%, aos 53.197,73 pontos, maior nível desde 3/09/ 2008 - anterior à quebra do banco americano Lehman Brothers, anunciada em 15/9. O giro financeiro, de R$ 8,191 bilhões, foi o maior do ano. Em maio, até o dia 26, ingressaram no País US$ 2,365 bilhões para investimentos em Bolsa. No mês, o Ibovespa ganhou 12,49% e, no ano, tem alta de 41,67%. No câmbio, além do forte fluxo financeiro positivo, especulações com contratos de derivativos de dólar e o superávit da balança comercial também levaram a moeda dos EUA a encerrar o mês abaixo de R$ 2,00. O dólar à vista recuou 1,94%, a R$ 1,970 no balcão - menor valor desde 1º /10/ 2008. O recuo no mês ante o real foi de 9,96% e, no ano, de 15,63%. O tombo da moeda justificou esta semana o debate a respeito de uma eventual cobrança de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) sobre o capital externo que ingressar no País.Contudo, o presidente do BC, Henrique Meirelles, afirmou que esta medida não está em estudo no momento. O juro de janeiro de 2010 cedeu a 9,19%.FRASESidnei NehmeEconomista da NGO Corretora''BC não deve usar derivativos de dólar porque originam especulações. Estes movimentos não são impedidos com leilão de compra da moeda nem com adoção de medidas tributárias, como IOF''

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.