Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Bovespa retoma os 64 mil pontos depois de 17 meses

Bolsa de São Paulo registra alta impulsionada pelo desempenho favorável do mercado financeiro em NY

Sueli Campos, da Agência Estado,

09 de outubro de 2009 | 11h38

A Bovespa recuperou na manhã desta sexta-feira, 9, os 64 mil pontos, onde não pisava desde o final de junho do ano passado, contrariando a expectativa inicial dos analistas de realização de lucros. O avanço da Bolsa foi impulsionado pelo desempenho favorável das bolsas em Nova York, após uma abertura levemente negativa. O Ibovespa registrava 64.054,35 pontos, com alta de 0,46%, às 11h08.

 

Veja também:

Euforia com País turbina a bolsa e dá força ao real 

 

O petróleo também inverteu a direção e subia 0,24%, cotado a US$ 71,79 o barril na Nymex eletrônica, dando fôlego às ações de Petrobrás. A PN registrava alta de 0,68% e a ON subia 0,48% às 11h07. As ações da Vale registram ganho mais tímido. A PNA marcava +0,18% e a ON +0,53%.

 

Apesar dessa alta, a expectativa é de que a Bovespa oscile ao longo desta sexta-feira, suscetível aos humores externo. O fluxo financeiro projetado para o final do dia, embora elevado, mostra menos vigor se comparado aos dias anteriores, e a tendência é de que diminua principalmente no período da tarde, com muitos players já se encaminhando para o final de semana prolongado pelo feriado de segunda-feira, 12 de outubro.

Tudo o que sabemos sobre:
mercado financeirobolsaBovespa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.