Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Bovespa sobe com expectativa de ajuda a montadoras nos EUA

Aprovação de pacote de socorro é benéfica para a Bolsa de SP, que tem forte participação da siderurgia

Agência Estado,

10 de dezembro de 2008 | 12h42

O avanço das negociações entre o Congresso norte-americano e a Casa Branca em torno do pacote de resgate das montadoras fez com que a Bolsa de Valores de São Paulo abrisse em alta nesta quarta-feira, 10. A tendência se manteve até o início da tarde e, às 12h39, o principal índice do mercado paulista - o Ibovespa - avançava 3,17%, aos 39.169 pontos, influenciado pela valorização das ações em Nova York. Lá, eles sobem mais de 1% enquanto esperam uma decisão sobre a ajuda a GM, Ford e Chrysler.  Veja também:BC decide juros em meio a dilema entre inflação e recessãoDesemprego, a terceira fase da crise financeira globalDicionário da crise Lições de 29Como o mundo reage à crise   Segundo o economista da Infra Asset, Fausto Gouveia, a provável aprovação do socorro emergencial às três montadoras é benéfica para a Bolsa brasileira, que tem forte participação do setor de siderurgia - ele responde pelo quarto maior peso da carteira teórica do Ibovespa, com participação de 10,6%, atrás dos bancos (11,5%), Vale (15,9%) e Petrobras (18,2%). Os preços das matérias-primas (commodities) também refletem a expectativa positiva em relação às montadoras. No caso dos metais, o alívio é proporcionado pela desvalorização do dólar e o anúncio de novos cortes de produção sustentam os contratos de metais básicos negociados em Londres. Além disso, os investidores já começaram a reposicionar suas carteiras em antecipação às mudanças que podem ocorrer na participação de cada metal no índice DJ-AIGCI, por volta de 10 de janeiro. Mas as notícias sobre as empresas do setor continuam ruins. A mineradora anglo-australiana Rio Tinto anunciou a demissão de 14 mil funcionários e a venda de ativos para pagar US$ 10 bilhões de sua dívida até o fim de 2009. O petróleo sobe mais de 4% esta manhã, acima de US$ 43 o barril na Nymex eletrônica. O risco hoje são os estoques semanais de petróleo e derivados, que saem no começo da tarde. As ações da Vale subiam 2,15% e as da Petrobras, 3,18%. Os investidores na Bovespa aguardam também a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) sobre a taxa básica de juros, no início da noite. O consenso aponta para estabilidade na taxa Selic, atualmente em 13,75%. Qualquer resultado diferente disso promete causar um rebuliço no mercado amanhã.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.