Bovespa sobe mais de 3% após desaceleração da queda em NY

A Bolsa de Valores de São Paulooperava em alta no início da tarde desta terça-feira, reagindoao corte surpresa do juro nos Estados Unidos. Às 13h20, o Ibovespa subia 3,2 por cento, aos 55.429pontos, devolvendo parte da forte desvalorização registrada nasegunda-feira --quando os mercados globais tiveram um dia devenda generalizada de ações em meio aos temores de recessão nosEUA. O banco central norte-americano reduziu nesta manhã a taxabásica de juros em 0,75 ponto percentual, para 3,5 por cento,em uma decisão emergencial para dar suporte à economia do país,que enfrenta problemas no setor imobiliário e crise nosmercados de crédito. O Fed também reduziu a taxa de redesconto em 0,75 ponto,para 4,0 por cento. "O Fed está muito, muito, muito preocupado. Por ora ele vaipôr um piso no mercado. Os mercados podem se recuperar um poucoaté perceberem o que isso significa", disse o analista JohnTierney, do Deutsche Bank, em Nova York. Logo após o anúncio do Fed, o principal indicador da bolsapaulista chegou a subir 4,2 por cento, perto dos 56 mil pontos. Em seguida o Ibovespa foi perdendo fôlego, mas voltou aganhar força com a abertura da Bolsa de Valores de Nova York. "A Bovespa deve fechar no positivo hoje depois dessanotícia, mas achei a reação tímida. O que o Fed fez hoje foipouco usual e a bolsa poderia ter subido mais, o que mostra queo mercado está muito preocupado com a situação toda", afirmou oeconomista-chefe da corretora Fator, Vladimir Caramaschi. Em Wall Street, o Dow Jones caía 1,3 por cento e o Nasdaqcedia 2 por cento. As baixas, que foram bem mais intensas logono início do dia, refletiam um ajuste comedido em relação àsquedas na Ásia e na Europa na segunda-feira, quando foi feriadonos EUA. Nesta sessão, entre as ações do índice, as blue chipsPetrobras e Vale avançavam 8 por cento e 4 por cento,respectivamente. O volume de negócios na bolsa era de 3,3 bilhões de reais. (Por Cesar Bianconi; Reportagem adicional de VanessaStelzer)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.