finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Bovespa tem 3º dia seguido de alta e retoma 62 mil pontos

Agora, o Ibovespa acumula queda de 4,8% em novembro

Reuters,

29 de novembro de 2007 | 19h06

A Bolsa de Valores de São Paulo terminou a quinta-feira em alta pelo terceiro dia seguido, ajudada pela valorização das ações da mineradora Vale, que têm forte peso no principal índice do mercado. O Ibovespa avançou 0,72%, para 62.156 pontos. O volume de negócios na bolsa foi de R$ 6,6 bilhões. As ações preferenciais da Vale subiram 2,08%, para R$ 52,06, enquanto as ordinárias registraram ganho de 1,67%, aos R$ 61,35. De acordo com o sócio-diretor da m2 Investimentos Marco Gazel, os papéis da mineradora ainda reagiram ao aumento da recomendação pelo UBS de "neutra" para "compra", na véspera, e foram beneficiados pelas perspectivas de aumento expressivo do preço do minério de ferro em 2008 e 2009. Agora, o Ibovespa acumula queda de 4,8% em novembro. O mercado acionário brasileiro sofreu expressivas quedas no mês até a segunda-feira, pelo aumento da aversão ao risco que teve origem nos temores de recessão nos Estados Unidos. Houve forte saída de recursos estrangeiros da bolsa paulista, com investidores buscando ativos considerados mais seguros. Mas desde terça-feira as ações vêm se recuperando e ganharam fôlego sobretudo na quarta-feira, quando o vice-chairman do Federal Reserve, Donald Kohn, sinalizou mais cortes do juro nos EUA diante da crise no setor de crédito mais forte do que se previa. Juros menores nos EUA tornam mais atrativos os investimentos em países emergentes. Analistas alertam, porém, que o sentimento ainda é de cautela entre os investidores. Entre as ações do Ibovespa, alguns papéis que têm registrado fortes quedas se sobressaíram nesta sessão: Cosan subiu 6,5% (R$ 21,30 reais), ALL avançou 4,61% (R$ 22,70) e Natura teve valorização de 3,54% (R$ 18,74). Em Wall Street, o dia foi de volatilidade, enquanto investidores digeriam uma série de indicadores econômicos. As empresas norte-americanas do setor varejista recuaram, depois que a Sears divulgou forte queda no lucro trimestral.

Tudo o que sabemos sobre:
Mercado financeiroBovespa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.