finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Bovespa tem forte alta e reduz perdas no mês

A Bolsa de Valores de São Pauloterminou a quarta-feira em expressiva alta, acompanhando osmercados acionários globais que registraram forte desempenhodiante da esperança de corte de juro nos Estados Unidos. Segundo dados preliminares, o Ibovespa --principalindicador da bolsa paulista-- fechou com valorização de 3,83por cento, aos 61.710 pontos. O volume financeiro foi de 6,4bilhões de reais. "O mercado se recuperou mais em função do mercado lá fora,porque ontem nós não subimos o que eles (bolsas de valores deNova York) subiram", afirmou Carlos Alberto Ribeiro, diretor daNovação Distribuidora. Considerando o fechamento preliminar, a bolsa paulistaagora acumula queda em novembro de cerca de 5,5 por cento. Na segunda-feira, o Ibovespa perdeu o patamar dos 60 milpontos e encerrou a sessão no menor nível desde o final desetembro, com o aumento da aversão ao risco pela crise no setorde crédito originada por problemas no setor imobiliário dosEUA. Nesta quarta-feira, em Nova York, os principais índicesapontam fechamento com valorização significativa. Às 18h09, oDow Jones subia 2,60 por cento, o S&P 500 tinha ganho de 2,77por cento e o Nasdaq avançava 3,11 por cento. Apesar da corrida por ações nesta sessão, analistas aindaestão cautelosos sobre a performance dos mercados acionários àfrente. (Reportagem de Rodolfo Barbosa)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.