Bovespa tem leve baixa antes de decisão de juro nos EUA

A Bolsa de Valores de São Pauloterminou a segunda-feira em leve queda, em uma sessão volátilcom investidores aguardando a decisão do Federal Reserve sobreo juro norte-americano, na terça-feira. O Ibovespa, principal índice da bolsa paulista, encerrou odia em queda de 0,29 por cento, aos 65.445 pontos. O pregão foide pouca oscilação no Ibovespa: na máxima do dia o indicadorsubiu menos de 0,5 por cento e na mínima perdeu 0,6 por cento.O volume financeiro da sessão foi de 5,3 bilhões de reais. "Pode ser o mercado aguardando a decisão Fed amanhã",afirmou o operador de uma corretora, que prefere não seidentificar, referindo-se ao encontro do banco centralnorte-americano. A expectativa da maioria dos economistas é decorte de 0,25 ponto percentual no juro dos EUA. Na sexta-feira, o principal índice da bolsa paulista recuou0,22 por cento, pondo fim a oito sessões consecutivas de altaaté o recorde histórico de fechamento aos 65.790 pontos,registrado na última quinta-feira. "Também não há tanto espaço para queda (na bolsa paulista).O mercado aguentou uma saída de investidores estrangeiros emnovembro e apenas um pouco disso fez o caminho de volta nesseinício de mês. O que mostra que mesmo com toda a retirada quehouve, o índice segurou", acrescentou o operador. De acordo com dados da bolsa, de 3 a 5 de dezembro houve1,17 bilhão de reais de saldo positivo de investidoresestrangeiros na Bovespa. Em novembro, houve saída líquida de3,37 bilhões de reais de estrangeiros do mercado acionáriobrasileiro. Nesta segunda-feira, a blue chip Vale ficou praticamenteestável, cotada a 53,80 reais no encerramento do pregão.Petrobras caiu 0,44 por cento, para 79,70 reais. Entre as ações do Ibovespa, a maior baixa do dia ficou comas ordinárias da Eletrobrás, que perderam 5,18 por cento, para24,55 reais. Nesta segunda-feira, sua subsidiária Furnas venceua disputa de concessão da usina hidrelétrica de Santo Antônio,em consórcio idealizado pela Odebrecht. O consórcio deu lance de 78,90 reais por megawatt hora, umdeságio de 35 por cento sobre o valor máximo definido pelogoverno. "Essa notícia gera incertezas sobre os preços de energia delongo prazo no Brasil, e é ruim principalmente para aEletrobrás... O preço de venda ficou abaixo das nossasexpectativas de 115 reais o megawatt hora", afirmaram analistasdo JP Morgan em relatório. Nos Estados Unidos, os principais índices de ações de WallStreet fecharam em alta, ajudados por boas notícias do setorfinanceiro que impulsionaram papéis de bancos. Na Europa, obanco suíço UBS Pactual anunciou que recebeu uma injeção decapital de investidores. (Reportagem de Rodolfo Barbosa)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.