Bovespa tem maior perda de recursos estrangeiros desde 2002

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) apresentou em junho a maior saída de recursos estrangeiros desde julho de 2002. No mês passado, as vendas de investidores estrangeiros superaram as compras em R$ 571,312 milhões. Segundo informou a Bolsa, no mês de julho do ano eleitoral de 2002, o saldo foi negativo em R$ 772,676 milhões. Além disso, desde maio do ano passado a Bovespa não registrava saída de capital externo, mostrando entrada de recursos todos os meses. Em maio de 2003, o saldo foi negativo em R$ 148,778 milhões.A saída de recursos em junho acompanhou a piora do humor global em relação a investimentos em países emergentes. Na semana passada, o Federal Reserve elevou os juros dos Estados Unidos em 0,25 ponto porcentual, para 1,25%, tornando mais atrativa a aplicação em títulos do governo norte-americano, em detrimento de papéis de outros países.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.