Bovespa volta a subir: 0,70%

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) acompanhou a alta das bolsas de Nova Iorque e fechou a manhã em alta de 0,71%, enquanto a Nasdaq - bolsa que negocia papéis do setor de tecnologia e Internet nos Estados Unidos - operava em alta de 1,46%. O volume negociado, contudo, continua fraco, o que indica cautela por parte dos investidores. As operações até o final da manhã somavam R$ 255 milhões.O mercado financeiro ainda não opera de forma tranqüila devido à perspectiva em relação ao depoimento de Eduardo Jorge, ex-assessor geral da presidência da República, que está marcado para amanhã. Os investidores temem por um comprometimento da imagem do governo, caso seja verificada algum vínculo do presidente Fernando Henrique Cardoso com o caso da obre superfaturada do fórum trabalhista.Juros: atenção ao cenário internoAs projeções de taxa de juro no mercado de futuros voltaram a cair ligeiramente nesta manhã. De acordo com operadores, todo o noticiário indicava para taxas em alta novamente, como realmente ocorreu no início dos negócios. Mas a melhora do cenário externo e rumores sobre uma operação de recompra de títulos da dívida do Brasil impulsionaram um movimento de recuo das taxas. Este rumor também ajudou a valorizar o C-Bond - títulos da dívida brasileira. Os contratos de juros de DI a termo - que indicam a taxa prefixada para títulos com período de um ano - pagavam juros de 17,88% ao ano no início da tarde.Dólar registra altaO dólar comercial registra alta pelo segundo dia consecutivo e os operadores acreditam que esse comportamento seja resultado de um volume maior de compra de dólares, tanto de importadores quanto de empresas que têm compromissos a honrar. Há pouco, o dólar comercial era cotado a R$ 1,7920 na ponta de venda dos negócios.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.