BP anuncia perdas de US$ 20 bi no segundo trimestre

Resultado financeiro é o pior da história empresarial do Reino Unido; parte do resultado está nos custos do vazamento no Golfo do México

Efe,

27 de julho de 2010 | 05h26

LONDRES - A companhia petrolífera britânica BP anunciou perdas financeiras de US$ 19,973 bilhões no segundo trimestre deste ano. Trata-se do pior resultado financeiro da história empresarial do Reino Unido. A companhia petrolífera o atribuiu em boa parte aos US$ 32,2 bilhões em custos para enfrentar a limpeza do vazamento no Golfo do México.

A empresa também informou que venderá ativos no valor de US$ 30 bilhões nos próximos 18 meses para enfrentar as perdas. No mesmo período do ano passado, a empresa teve lucro de US$ 3,14 bilhões.

Os números para o primeiro semestre do ano refletem prejuízos acumulados de US$ 11,375 bilhões em comparação com os lucros de US$ 5,527 bilhões entre janeiro e junho de 2009.

A dívida bruta chegou a US$ 30,6 bilhões, contra US$ 36,2 bilhões do segundo trimestre de 2009.

A dívida líquida no final do trimestre entre abril e junho ficou em US$ 23,2 bilhões, contra US$ 27,1 bilhões de há um ano.

O objetivo do grupo é reduzir esta dívida líquida entre US$ 10 bilhões e US$ 15 bilhões até o final de 2011.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.