BP investirá até US$500 mi em pesquisa sobre vazamento de óleo

Estudo vai avaliar o impacto das correntes oceânicas, de como o petróleo afeta a vida marítima e como os produtos químicos utilizados para dispersar o óleo prejudicam o meio ambiente

Reuters

24 de maio de 2010 | 14h50

A petrolífera BP afirmou que vai pagar até 500 milhões de dólares em 10 anos para financiar pesquisas sobre os efeitos de um vazamento de petróleo em seu poço no Golfo do México, em meio às pressões do governo dos Estados Unidos para que acabe com o vazamento.

A BP explicou que a pesquisa vai tentar avaliar o impacto das correntes oceânicas, de como o petróleo afeta a vida marítima e como os produtos químicos utilizados para dispersar o óleo prejudicam o meio ambiente.

A empresa com sede em Londres, que enfrentou críticas crescentes da administração do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, na última semana, disse que iniciou o programa com uma doação de valor não anunciado para a Universidade do Estado de Louisiana.

As ações da BP têm recuado devido aos temores dos investidores de que os prejuízos à sua reputação nos EUA possam frear os negócios da empresa em seu mercado mais importante, onde 40 por cento de seus ativos estão baseados.

O poço Macondo está vazando há mais de um mês, soltando mais de 5 mil barris por dia de petróleo no mar.

(Por Tom Bergin)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.