BP quer nova investigação em caso de vazamento

A gigante de petróleo BP pediu ontem uma investigação independente no processo de indenização às pessoas que sofreram prejuízos pelo derramamento de petróleo da plataforma Deepwater Horizon em 2010. A solicitação aconteceu depois que relatos indicaram que o advogado que trabalhava para administrar as reivindicações foi suspenso por suspeita de má conduta. A BP já havia afirmado que a administradora tinha aprovado "prêmios fictícios" para empresas e superestimou as perdas das vítimas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.