BR Distribuidora descarta concessão de crédito à Varig

O presidente da BR Distribuidora, Rodolfo Landim, descartou nesta quinta, 13, qualquer possibilidade de concessão de crédito de 90 dias à Varig, como está sendo pleiteado pela empresa. "Tivemos várias reuniões com representantes da Varig, mas eles não nos apresentaram nenhuma garantia para o crédito. Agora, querem posar de vítimas e transferir para a BR o ônus de uma quebra iminente. Dar crédito à Varig seria uma decisão temerária", declara o executivo. Considerando a média de consumo de março, os três meses de prazo pedidos pela Varig para fornecimento de combustível representariam, segundo Landim, um total de R$ 240 milhões. O executivo lembra que o contrato da BR com a companhia aérea expirou em dezembro do ano passado e "apesar dos diversos avisos" a Varig não o renovou. A partir de então, as encomendas passaram a ser aceitas apenas com pagamento à vista. "Além disso, eles não compram só da BR, mas também da Esso, da Shell... Por que somente a BR teria de arcar com este risco?".

Agencia Estado,

13 Abril 2006 | 21h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.