Bradesco anuncia extensão dos prazos de financiamentos

Na linha de crédito direto ao consumidor (CDC), banco elevou prazo máximo de 36 para 48 meses

REUTERS

04 de novembro de 2009 | 11h40

O Bradesco anunciou nesta quarta-feira, 4, a extensão dos prazos máximos de financiamentos de diversas linhas para varejo e empresas. "Estamos tomando medidas essa semana para crédito", disse o presidente-executivo do banco, Luiz Carlos Trabuco Cappi, em teleconferência com jornalistas sobre os resultados do terceiro trimestre.

 

Veja também:

linkLucro do Bradesco cai 5,2% no 3º trimestre, para R$ 1,8 bi

Na linha de crédito direto ao consumidor (CDC), o prazo máximo subiu de 36 para 48 meses. No crédito pessoal, o prazo passou de 36 para 40 meses. Nos financiamentos com garantia, como os destinados à compra de automóveis, o limite passou de 36 para 50 meses.

Nos financiamentos para empresas, o Bradesco agora trabalha com limite de até 210 dias no desconto de duplicatas, ante teto anterior de 150 dias. No capital de giro, o prazo evoluiu de 24 para 36 meses.

(Por Aluísio Alves)

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSBRADESCOPRAZOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.