Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Bradesco anuncia redução de juros

Logo após o Banco Central ter anunciado a queda nos juros de 22% para 20% ao ano, o Bradesco reduziu os juros cobrados dos clientes. As novas taxas valem a partir de amanhã. O banco diminuiu a taxa do cheque especial de 8,52% para 8,37% ao mês. O crédito pessoal passou de 5,08% (mínima) e 6,02% (máxima) para 4,94% e 5,87% ao mês.O juro do desconto de duplicatas caiu do intervalo de 2,35% a 4,47% para 2,21% a 4,53%. A taxa de capital de giro passou de 3,80% a 6,02% para 3,66% a 5,87% mensais.Já o saque fácil, uma espécie de cheque especial de pessoa jurídica, caiu de 5,57% e 6,47% para 5,43% e 6,32% ao mês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.