Bradesco anuncia redução de juros após Copom

O Bradesco anunciou redução nos juros de diversas modalidades de crédito, após decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) de cortar a Selic em meio ponto porcentual - para 19% ao ano. O novo patamar de juros passa a vigorar a partir desta quinta-feira, em toda a rede de agências.Para os clientes pessoa física, as taxas do cheque especial do banco caíram de 8,31% ao mês para 8,27% ao mês, na máxima, e de 4,63% ao mês para 4,61% ao mês, na mínima. No crédito pessoal, os juros passaram de 5,85% ao mês para 5,81% ao mês, na máxima, e de 3,30% ao mês para 3,26% ao mês, na mínima. "O crédito pessoal consignado operará com taxa mínima a partir de 1,75% ao mês."Para as empresas, os juros do capital de giro caíram de 6,24% ao mês para 6,20% ao mês, na máxima, e de 3,21% ao mês para 3,17% ao mês, na mínima. Os juros da linha de desconto de duplicatas e de cheques foram reduzidos de 4,49% ao mês para 4,45% ao mês, na máxima, e de 2,18% ao mês para 2,14% ao mês, na mínima. As taxas da conta garantida tiveram quedas de 6,72% ao mês para 6,68% ao mês, na máxima, e de 3,57% ao mês para 3,53% ao mês, na mínima.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.