Bradesco assumirá subsidiárias da American Express no Brasil

O Bradesco informou, nesta segunda-feira, que pagará US$ 490 milhões para assumir as subsidiárias da American Express no Brasil que atuam no ramo de cartões de crédito, corretagem de seguros, serviços de viagens e de câmbio no varejo, além das operações de Crédito Direto ao Consumidor (CDC). Segundo câmbio do último dia 17, o montante corresponde a R$ 1,04 bilhão.O acordo prevê exclusividade do Bradesco para a emissão de cartões de crédito da linha Centurion no País, o que inclui os tradicionais cartões Green, Gold e Platinum que apresentam a logomarca American Express Centurion. "O direito de exclusividade será pelo prazo mínimo de 10 anos e permite ao Bradesco emitir cartões de crédito American Express para clientes pessoas físicas e jurídicas, oferecer o Programa Membership Rewards relativo a esses cartões, e administrar a rede de estabelecimentos para a aceitação dos cartões American Express no Brasil", diz o aviso da instituição.EscritórioSegundo o comunicado, não estão incluídos na negociação o escritório de representação American Express Bank Ltd. em São Paulo, o negócio local de Travelers Cheques e os acordos de licenciamento de cartões existentes com outros bancos locais, os quais não incluem os da linha Centurion. O Bradesco afirmou que a concretização do negócio está subordinada à aprovação das autoridades competentes e o fechamento está previsto para o primeiro semestre de 2006.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.