Bradesco compra Banco do Amazonas por preço mínimo

O Bradesco comprou o Banco do Estado do Amazonas (BEA) pelo valor mínimo de R$ 182,914 milhões. O leilão de venda do banco durou apenas três minutos. O Bradesco era a única instituição pré-qualificada para o leilão. Com esta venda, o governo já arrecadou R$ 12,5 bilhões, em valores corrigidos pelo IPCA, com a venda de 11 bancos estaduais desde 1997. A informação foi dada pelo diretor de Finanças Públicas e Regimes Especiais do Banco Central, Carlos Eduardo de Freitas. O Itaú chegou a se pré-identificar para o negócio, mas acabou desistindo e não depositou garantia para o leilão. A liquidação financeira da transação e a assinatura do contrato de compra e venda ocorrerá em 29 de janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.