Bradesco compra Banco do Maranhão por R$ 78 milhões

O Bradesco venceu o leilão de privatização do Banco do Estado do Maranhão (BEM), realizado na Bovespa, com oferta de R$ R$ 78 milhões, equivalente a um ágio de 1,07% sobre o preço mínimo de venda, de R$ 77,172 milhões. Trata-se do primeiro leilão de privatização do governo Lula. O Itaú, que também estava na disputa, ofereceu o preço mínimo. Com a baixa diferença das propostas, o leilão chegou a ir para o sistema viva-voz, mas o Itaú não apresentou nova proposta, prevalecendo então a do Bradesco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.