Bradesco e Itaú reduzem distância para Banco do Brasil

Os bancos privados Bradesco e Itaú vêm reduzindo a distância para o estatal Banco do Brasil, maior instituição financeira do País, conforme estudo da consultoria Economatica divulgado nesta terça-feira. Pelo levantamento, que abrange o período de 1999 a 2006 e leva em conta os ativos totais dos bancos, o BB tinha mais que o dobro do tamanho do Bradesco e era cerca de 2,6 vezes maior que o Itaú em março do primeiro ano do intervalo do estudo. Em dezembro passado, de acordo com a Economatica, o BB tinha ativos de R$ 296 bilhões, enquanto o Bradesco possuía R$ 266 bilhões, ou o equivalente a quase 90% da dimensão do BB. No caso do Itaú, o avanço em ativos de 1999 para o ano passado foi de 120,5%, para R$ 210 bilhões. "O Itaú em março de 1999 representava 38,2% do total de ativos do BB, já em dezembro de 2006 os ativos do Itaú representam 70,8% do total de ativos do BB", informou a Economatica. Bradesco e Itaú compraram uma série de instituições financeiras nos últimos anos, enquanto o BB tem crescido de forma orgânica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.