Bradesco e PanAmericano fecham acordo de R$ 7,2 bi

O Bradesco e o banco PanAmericano fecharam acordo operacional que prevê direitos exclusivos sobre créditos no montante de R$ 7,2 bilhões. A parceria é relativa aos contratos de crédito consignado dos beneficiários do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS). De acordo com o Bradesco, o acordo faz parte da estratégia de ampliação de empréstimos a pessoas físicas. Somente em dezembro de 2004, o Bradesco fechou acordos semelhantes com Bonsucesso, Cruzeiro do Sul e BMC.Para o banco PanAmericano, do grupo Silvio Santos, a parceria vai permitir que a instituição duplique o volume dos seus negócios. O banco recebeu, neste mês, autorização para operar linhas de crédito destinadas aos aposentados e pensionistas do INSS. O PanAmericano possui 130 lojas espalhadas pelo Brasil e 200 correspondentes bancários.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.