Bradesco lucra menos, mas tem maior rentabilidade, diz estudo

Bradesco teve o segundo maior lucro, mas obteve a melhor rentabilidade entre janeiro e junho de 2009

Redação do estadao.com.br,

11 de agosto de 2009 | 14h19

O Itaú Unibanco Holding apresentou lucro maior do que o Bradesco no primeiro semestre de 2009. Contudo, de acordo com a Economática - consultoria de informações financeiras -, o Bradesco teve rentabilidade maior. Isso é o que mostra o cálculo do índice ROE, que é obtido pela relação entre o lucro líquido e o patrimônio líquido da instituição. Para o Bradesco, o  índice ROE ficou em 11,2. Já o índice do Itaú foi de 10,1.

 

Veja também:

Setubal: País tem espaço para queda da taxa real de juro

Bradesco lucra mais e empresta menos

Bradesco prevê inadimplência em 4,9% no 3º trimestre

Retorno sobre patrimônio do Bradesco cai no 2º trimestre

 

O Itaú Unibanco Holding, a maior instituição financeira do País, registrou uma queda em seu lucro no segundo trimestre deste ano de 8%. O balanço divulgado nesta terça-feira, 11, mostra um ganho líquido de para R$ 2,571 bilhões. O lucro líquido recorrente, que exclui operações extraordinárias, ficou em R$ 2,429 bilhões, uma queda de 14,35% sobre o segundo trimestre de 2008.

 

Já o Bradesco, que divulgou seu balanço no dia 03, informou que encerrou no segundo trimestre com lucro líquido de R$ 2,297 bilhões, um crescimento de 14,7% em relação ao apurado em igual período de 2008.

 

Tudo o que sabemos sobre:
BradescoItaúUnibancoEconomática

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.