Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Bradesco não vai 'comprar por comprar', diz diretor

Banco manterá estratégia de crescimento orgânico apesar das novas fusões do setor

Daniela Milanese, da Agência Estado,

19 de novembro de 2008 | 18h28

O  Bradesco vai manter sua estratégia de crescimento orgânico "como se nada tivesse acontecido", afirmou o diretor-executivo do banco, Domingos Figueiredo de Abreu. "Não vejo o Bradesco saindo comprando por comprar", disse nessa quarta-feira, 19, à Agência Estado sobre a reação após a união entre o Itaú e o Unibanco. Segundo ele, todas as aquisições feitas pelo banco tiveram como objetivo agregar valor aos negócios. Abreu afirmou que o Bradesco sempre esteve atento às oportunidades de compras, mas avalia que a instituição está "em um bom caminho" com a estratégia de crescimento orgânico. O executivo não quis comentar os rumores de que o Bradesco estaria interessado em comprar o Banco Votorantim, como resposta ao movimento agressivo da concorrência. Sobre a união de Itaú e Unibanco, que criou o maior banco do Hemisfério Sul, Abreu comentou: "Não vou dizer que não surpreendeu. Mas acho que faz todo o sentido para o Itaú, como faria para nós." No início do ano, o vice-presidente do Bradesco, Milton Vargas, disse à Agência Estado em Londres que o processo de consolidação do setor bancário estava dado e que o último movimento seria a compra da Nossa Caixa pelo Banco do Brasil. Para Abreu, a afirmação indicava que o Unibanco teria escala para tocar normalmente os seus negócios sozinho. "Sempre respeitamos essa postura deles", afirmou. "Mas acho que conseguiram convergir para uma estrutura que beneficia as duas famílias." O executivo está em Madri, para participar do 10º Fórum Latibex.

Tudo o que sabemos sobre:
BradescobancosItaúUnibanco

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.