Bradesco poderá receber financiamento do IFC

O Bradesco pode ser o próximo bancobrasileiro a fechar uma operação de financiamento com oInternational Finance Corporation (IFC), órgão de crédito para osetor privado do Banco Mundial. O IFC estuda a liberação de umalinha de crédito para exportação de US$ 100 milhões, sendo US$20 milhões com vencimento de até dois anos e US$ 80 milhões deum ano, segundo informações no site da agência. "Estamospreparando uma operação com mais um grande banco brasileiro",disse o principal executivo do IFC, Peter Woicke, em visita aoBrasil, sem especificar a instituição. A assessoria do IFCconfirmou que o projeto com o Bradesco está em análise. Se a operação se concretizar, o Bradesco será o terceirobanco a captar fundos com a instituição desde o recrudescimentoda crise financeira no ano passado. Itaú e Unibanco fizeramcaptações entre US$ 100 e US$ 150 milhões. "Estamos apostandona concessão de linhas de exportações, que se tornaram caras eescassas desde o ano passado." Woicke afirmou que o IFC irá renovar as linhas do Itaú edo Unibanco, com vencimentos de três a seis meses. Na operaçãocom o Bradesco, que ainda está sujeita à aprovação do conselhodo IFC, a instituição entraria com metade do montante dofinanciamento, e a outra metade viria de agências multilateraisou bancos. O "carimbo" IFC minimiza a percepção do riscoBrasil e incentiva os credores a renovar linhas ou liberar novosempréstimos. "Atuamos como catalisadores, abrindo o mercado decapitais", disse Woicke.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.