Bradesco propõe R$2,054 bi em juros sobre capital extras

O Bradesco vai propor pagamento aos acionistas de 2,054 bilhões de reais em juros sobre capital próprio complementares, informou nesta quarta-feira o segundo maior banco do país em ata de reunião extraordinária da diretoria.

Reuters

19 de dezembro de 2012 | 09h06

A proposta equivale a 0,512557736 real por ação ordinária e 0,563813510 por preferencial. Os beneficiados serão acionistas inscritos na base do banco em 21 de dezembro e o pagamento, caso aprovado, será em 7 de março, deduzido de imposto de renda de 15 por cento.

"Os juros complementares a serem aprovados representam, aproximadamente, 27,2 vezes o valor dos juros mensalmente pagos", segundo a ata.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSBRADESCOPAGAMENTOLEGAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.