Bradesco também reduz juros do crediário

O Bradesco seguiu o HSBC e Caixa Econômica Federal e decidiu reduzir as taxas de juros de linhas de crédito para clientes pessoas físicas e jurídicas. "O objetivo é transferir integralmente a esses produtos a redução da Selic de 24,5% para 22%, o que representou queda de 2,5 pontos porcentuais ao ano, ou 0,20 ponto ao mês", diz comunicado do banco.No segmento de pessoa física, os juros do cheque especial caíram de 3,24% para 3,17%, na mínima, e de 8,70% para 8,52%, na máxima. Já as taxas de crédito pessoal foram reduzidas de 3,90% para 3,72%, na mínima, e de 6,20% para 6,02%, na máxima. Em relação aos produtos de pessoa jurídica, houve mudança na linha de capital de giro, cujas taxas caíram de 3,75% para 3,57%, na mínima, e de 6,65% para 6,47%, na máxima. Os juros para desconto de duplicatas e para desconto de cheques foram reduzidos de 2,52% para 2,35%, na mínima, e de 4,85% para 4,67%, na máxima.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.