Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Brascan e Tecnisa reduzem lançamentos

Mais duas empresas imobiliárias não devem cumprir metas de lançamentos. Ontem, Tecnisa e Brascan (dona da Company) informaram que não devem conseguir atingir os valores globais de vendas (VGV) divulgados para 2008. No caso da Tecnisa, o VGV estava em R$ 873 milhões até setembro. A meta do ano era de R$ 1,5 bilhão. Já a nova projeção da Brascan é 13% inferior à original.

O Estadao de S.Paulo

13 de novembro de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.