Brasil alega vitória contra os EUA no caso do algodão

Diplomatas brasileiros que estão em Mombassa, no Quênia, na reunião da Organização Mundial do Comércio, informaram hoje que o governo brasileiro venceu a disputa na OMC contra os subsídios norte-americanos ao algodão.Eles receberam hoje o relatório de 300 paginas e, uma primeira leitura, indica a vitória das posições brasileiras. Segundo os diplomatas, entre o julgamento em 1ª instância e este final, algumas modificações foram identificadas, mas não há ainda uma conclusão se elas afetarão o resultado final.O governo dos Estados Unidos indicou que não esta disposto a aceitar o resultado. A Casa Branca emitiu um comunicado dizendo que "está interessada em resultados, e não em disputas". Segundo Washington, o melhor resultado deve ser obtido por meio de uma "ambiciosa reforma agrícola global" a ser negociada na OMC. Para os norte-americanos, essa reforma deve incluir acesso a mercado, subsídios a exportação e subsídios domésticos.A organização britânica Oxfam acredita que o fim dos subsídios norte-americanos pode ter uma repercussão importante para o combate a pobreza, não apenas no Brasil, mas também em todos os países produtores de algodão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.