Brasil aposta em avanço maior com a União Européia

O ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, disse hoje que o Brasil ?aposta suas fichas que com a União Européia possa haver um avanço na negociação comercial?. É uma possibilidade que, hoje, ele não vê na formação da Alca. ?Em Cancún e na Alca há uma resistência muito forte, e não vemos essa mesma resistência por parte da União Européia?, disse.Segundo ele, a reforma do programa de subsídios agrícolas europeu, "embora não tenha expressão substantiva de aumento de comércio, é um sinal político muito claro de mudança de comportamento da União Européia que até hoje os Estados Unidos não tiveram.?O ministro brasileiro admitiu que a estratégia dos europeus em negociar com o Mercosul visa a enfraquecer a Alca. ?A União Européia enxerga nas relações com o Mercosul a possibilidade de aumentar mercados na América Latina em detrimento dessa ampliação por parte dos Estados Unidos?, disse. ?É uma disputa entre dois grandes elefantes e temos de olhar essa disputa com cuidado e negociando com ambos, com olhos na direção do interesse nacional.? O ministro se reuniu hoje, em Goiânia, com a ministra alemã da Agricultura, Renate Künast, e acertou a realização ainda este ano de uma reunião ministerial para tratar de agricultura.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.