Brasil atinge 254,9 milhões de linhas móveis em maio

Em números absolutos foram habilitadas 1,97 milhão de novas linhas 

Rodrigo Petry, da Agência Estado,

19 de junho de 2012 | 15h21

SÃO PAULO - O Brasil encerrou o mês de maio com 254,95 milhões de linhas ativas de telefonia móvel, segundo divulgou nesta terça-feira a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Em números absolutos foram habilitadas 1,97 milhão de novas linhas. Em relação a abril houve um crescimento de 0,78% do número de linhas móveis.

A teledensidade no mercado brasileiro atingiu 129,93 acessos por 100 habitantes, representando um aumento de 0,71% ante abril, que era de 129,01 acessos.

Os terminais de 3G (banda larga móvel) aumentaram 3,9% em abril comparado a março, para 56,39 milhões de acessos.

A operadora de telecomunicações Vivo manteve em maio a liderança no mercado brasileiro de telefonia móvel, com fatia de 29,63% do mercado e um total de 75,538 milhões de acessos.

A TIM permaneceu na segunda colocação, com uma participação de 26,88% do mercado e 68,536 milhões de acessos, seguida pela Claro, que obteve uma fatia de 24,59%, correspondente a 62,688 milhões de acessos. A Oi ficou na quarta posição, com uma participação de 18,59% e um total de 47,402 milhões de acessos.

Na comparação com abril, a participação da Vivo recuou 0,12 ponto porcentual, de 29,75%; da TIM caiu 0,01 ponto porcentual, de 26,89%; da Claro subiu 0,11 ponto porcentual, de 24,48%; e da Oi avançou 0,02 ponto porcentual, de 18,57%.

Em maio, a fatia da CTBC era de 0,28%, correspondente a 705,9 mil acessos, e da Sercomtel de 0,03%, equivalente a 76,9 mil acessos.

Tudo o que sabemos sobre:
Anatelcelularesbalanço maio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.