Brasil bate novo recorde de fusões

O número de fusões e aquisições no Brasil alcançou novo recorde em 2007, de acordo com levantamento feito pela consultoria KPMG. Segundo a pesquisa, de janeiro a dezembro deste ano o número de transações anunciadas no País chegou a 677. O número final do ano superou em 43% as operações de fusões e aquisições realizadas ao longo de 2006. No ano passado, o Brasil já havia registrado movimento recorde de negócios.Em quantidade de operações, os setores de alimentos, bebidas, fumo e tecnologia da informação foram os destaques. Em valores, o setor petroquímico foi um dos mais relevantes. Em março, por exemplo, Petrobras, Braskem e Ultra anunciaram a aquisição do Grupo Ipiranga por US$ 4 bilhões. ?O resultado visto em 2007 reflete o cenário de liquidez internacional e de bom desempenho da economia e das empresas brasileiras?, diz Claudio Leoni Ramos, sócio da KPMG e responsável pela área de fusões e aquisições.Pelo quarto ano consecutivo, o número de negócios envolvendo empresas estrangeiras superou a quantidade de operações entre companhias nacionais. No total, foram 333 negócios entre brasileiras ao longo do ano e 344 transações com alguma participação de capital externo. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.