Brasil chega a 29 Leões no Festival de Cannes

Com cinco ouros, avaliação é que qualidade melhorou este ano

Marili Ribeiro, O Estadao de S.Paulo

25 de junho de 2009 | 00h00

O dia foi do design no Festival Internacional de Publicidade de Cannes. Com sete Leões, sendo um deles de ouro, os profissionais brasileiros acreditam ter conseguido dar um passo importante para dar à área uma visibilidade semelhante à da publicidade no País.Até agora, o Brasil conquistou 29 Leões na 56ª edição do festival. Tem mais sete chances na categoria de filmes comerciais, cuja lista preliminar deve ser divulgada amanhã, com o resultado final saindo no sábado. Ontem foram anunciados oficialmente mais 16 Leões para o Brasil. Foram sete em anúncios impressos (Press Lions); dois para propaganda online (Cyber Lions); e mais sete em design.Na contabilidade total, as agências brasileiras já registram cinco Leões de ouro, nove de prata, 14 de bronze e um de relações públicas, categoria que estreou este ano e não tem subdivisões. Embora o número, até o momento, seja menor que o do ano passado, quando o Brasil ficou com 41 Leões no total, a premiação deste ano já é superior em qualidade. Em 2008, foi ganho apenas um Leão de ouro, enquanto este ano o País já garantiu cinco. Além dos prêmios anunciados ontem para impressos, design e internet, as agências nacionais já haviam conquistado cinco Leões na categoria outdoor, seis em programação de mídia, um em rádio e outro em relações públicas. Ainda falta serem revelados os vencedores da categoria Titanium and Integrated Lions, que julga trabalhos inovadores em diversas mídias, e a competição de filmes publicitários. O Brasil nunca ganhou o Leão em Titanium, a mais rigorosa disputa do Festival. Neste ano, o País inscreveu 16 ações nessa categoria, mas as chances de prêmio, segundo os especialistas, são muito pequenas. Em filmes, o Brasil concorre com 141 comerciais e classificou, ainda extraoficialmente, apenas sete na lista preliminar. Em design, a agência AlmapBBDO faturou dois Leões, sendo um de ouro e outro de prata, para projetos das sandálias Havaianas. O escritório Gad Design ganhou um Leão de prata para operadora de telefonia Claro. Já a agência DM9DDB ficou com um outro Prata para a produtora de som SaxSoFunny. Os três Leões de bronze ficam com AgênciaClick, em campanha para o Stilo, da Fiat, para a Tátil Design, com o convite "Folha", da palestra em Cannes no ano passado, e para a Indústria Nacional & Diálogo Design, com o trabalho "Identidade não homofóbica", para o grupo Arco-Íris. Em propaganda online, os prêmios foram para a Sun MRM, que ganhou um Leão de prata pela campanha para a ONG IHDI Estação Bem Estar, e DM9DDB, que conquistou um bronze pela ação para a Companhia Athlética. O jornal ''O Estado de S. Paulo'' é o representante oficial do Festival de Cannes no BrasilNÚMEROS29 Leões foram ganhos pelas agências brasileiras até ontem, sendo cinco de ouro, nove de prata 14 de bronze e um para relações públicas, categoria que não tem subdivisões7 Leões para a categoria impressos foram anunciados oficialmente ontem7 Leões foram concedidos a empresas brasileiras de design2 Leões foram conquistados em internet

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.