Brasil crescerá 2,3% em 2013, prevê BNP Paribas

O Banco BNP Paribas estimou que o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil deve crescer 2,3% em 2013 e 1,5% em 2014. De acordo com o economista-chefe para a América Latina da instituição financeira, Marcelo Carvalho, o cenário global traz a China, grande parceiro comercial do Brasil, registrando desaceleração na taxa de crescimento, o que resulta em perda na balança comercial do País e uma queda de preços de commodities.

GUSTAVO PORTO, Agencia Estado

25 de novembro de 2013 | 11h57

"O juro deve seguir em alta e é natural que esperemos uma economia mais fraca no ano que vem. A inflação deve pressionar também do lado da oferta e o País não consegue crescer mais porque está batendo no limite do modelo econômico", disse ele, nesta segunda-feira, 25. Carvalho espera ainda que o terceiro trimestre deste ano seja fraco "com crescimento perto do zero para negativo" e que a economia cresça ligeiramente no último trimestre.

Tudo o que sabemos sobre:
BNP ParibasBrasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.