Brasil denuncia protecionismo dos EUA e UE

O Brasil entregou hoje na secretaria da Organização Mundial do Comércio (OMC), denúncias contra as políticas de subsídios dos Estados Unidos e da União Européia. No caso da queixa contra os americanos, o Brasil alega que o apoio estatal dado pela Casa Branca, afeta os produtores de algodão do País na competitividade das exportações brasileiras. No que se refere à União Européia, a queixa está dividida em duas partes: a primeira se refere aos subsídios aos produtores de açúcar e a outra a preferência que Bruxelas dá para a entrada de açúcar nos países do Caribe, Ásia e Pacífico. A secretaria da OMC confirmou também que o governo da Austrália, acabou de entregar ao organismo uma denúncia também contra os europeus no setor de açúcar. A estratégia do Brasil e Austrália é de unirem forças contra políticas européias protecionistas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.