Brasil deve se tornar 6º maior produtor mundial de carros

A indústria automotiva brasileira elevará em 500 mil unidades a sua capacidade de produção nos próximos dois anos, segundo o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Jackson Schneider. A capacidade total no País, que era de 3,5 milhões de unidades em 2007, passará para 3,85 milhões neste ano, alcançando 4 milhões em 2009.A expectativa do setor automotivo é de que o Brasil alcance em 2008 a posição de sexto maior produtor de veículos do mundo. Em 2007, o País era o sétimo colocado, atrás de Japão (1º), Estados Unidos, China, Alemanha, Coréia do Sul e França.InvestimentoSegundo o executivo, os investimentos das montadoras neste ano devem somar US$ 4,9 bilhões no País (cerca de R$ 8,3 bilhões). É o maior investimento, em números absolutos, da história do setor no Brasil. Segundo ele, a maior parte destes recursos será destinada para o aumento da produção.Considerando a cadeia automotiva (montadoras e autopeças), os investimentos devem somar US$ 20 bilhões (R$ 34 bilhões) entre 2008 e 2010. "Isso demonstra a confiança do setor na expansão do mercado", disse Schneider, em entrevista hoje em São Paulo para anunciar os dados da indústria do mês passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.