Brasil diz que ricos devem melhorar textos de negociação na OMC

Os países ricos devem melhorar suaspropostas na mais recente série textos de negociação para que aRodada de Doha chegue a um acordo, disse na quinta-feira onegociador-chefe brasileiro, Roberto Azevedo. "Os textos da OMC apenas vão gerar um acordo se os paísesricos melhorarem sua oferta, mostrando liderança e reduzindobarreiras comerciais", disse Azevedo. Reagindo aos novos textos divulgados na quinta-feira, osquais servirão como rascunho para um acordo na OrganizaçãoMundial do Comércio (OMC), Azevedo também afirmou que os paísesricos precisam reduzir os níveis de subsídios em geral naagricultura e desistir dos planos de criar novas tarifas deimportação. O diretor-geral da OMC, Pascal Lamy, convocou a reuniãodeste mês com a esperança de chegar a um avanço no comércio deprodutos agrícolas e manufaturados que levaria a um acertofinal até o fim do ano. (Reportagem de Raymond Colitt)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.