Brasil é 35º no ranking de e-business

O Brasil ocupa apenas o 35º lugar no ranking dos países mais preparados do mundo para o e-business -negócios pela Internet. O resultado faz parte de um estudo do instituto londrino Economist Intelligence Unit (EIU). Os Estados Unidos lideram a classificação, que é composta por 60 países. Na seqüência estão Suécia, Finlândia, Noruega, Holanda, Reino Unido e Canadá. O Iraque é o lanterninha do ranking.O estudo apresenta algumas surpresas, como por exemplo o Japão, que ocupa a 21ª posição; a Índia, a 50ª, e a China, a 51ª. Apesar do Reino Unido estar no sexto lugar, outros países da União Européia apresentam uma estrutura ainda incompleta. A Alemanha ocupa a 13ª posição, a França a 14ª e a Itália a 19ª. Para elaborar o ranking, a EIU levou em conta dois fatores: a situação geral da economia local e o grau de conectividade. No primeiro critério, foram computados 70 diferentes indicadores, como a situação econômica, as perspectivas de estabilidade política, o grau de regulamentação no país, política fiscal e o grau de abertura para comércio e investimentos. No critério de conectividade a EIU não avaliou apenas o atual estado da rede de telefonia, mas também outros fatores que afetam o acesso à Internet, como o custo das ligações e o índice de analfabetismo.No critério de situação econômica, o Brasil atingiu a marca de 6,37, e no que se refere ao de conectividade, 5. Os Estados Unidos, por exemplo, receberam 8,69 e 9 pontos, respectivamente. Entre os países da América Latina, o Brasil foi superado pelo Chile (23º), Argentina (26º) e México (34º).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.