coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Brasil é 42º país mais atraente para investimentos, diz estudo

País mantém posição em relação a ranking de 2003 a 2007, mas índice brasileiro fica levemente acima do anterior

BBC Brasil, BBC

25 de outubro de 2007 | 08h20

O Brasil é o 42º país mais atraente para investimentos estrangeiros em um ranking que avalia a expectativa para os próximos quatro anos, afirma um estudo do instituto britânico Economist Intelligence Unit.O estudo avaliou 91 indicadores que refletem o ambiente para negócios segundo critérios usados por empresas para definir onde vão alocar seus investimentos.A 42ª posição no ranking é a mesma obtida em 2002, quando o Economist Intelligence Unit avaliou os países para o período de 2003 a 2007.Em uma escala de um a dez, o Brasil atingiu um índice de 6,89. O índice é levemente superior aos 6,53 obtidos em 2002.Entre os países da América Latina, o Brasil ficou atrás apenas do Chile (20º) e do México (35º).O país ficou na frente de outros países emergentes, como Argentina (52º), China (53º), Índia (54º) e Rússia (62º).Os Estados Unidos caíram quatro posições no ranking, de 5º na avaliação de 2003 a 2007 para 9º.Segundo os autores do estudo, a economia americana vai sofrer no período de 2008 a 2012 com crescimento mais lento e com reformas no sistema tributário que poderiam onerar mais as empresas.Os autores também ressaltam que apesar dos desafios enfrentados pela economia americana, o cenário global deve se manter "relativamente positivo" para investimentos internacionais, com continuidade dos processos de globalização, liberalização e desregulamentação.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.